Como Sempre

Eu e o Vídeo-Game – Parte I: Turning On!

Posted on: 3, julho 2007

Primeiro pensei em postar esse texto na sessão “Do Controle” mas como é uma visão muito pessoal sobre o assunto, decidi escreve-la na minha coluna mesmo (não a vertebral, mesmo porque seria meio incomodo). E gostaria que se sentissem livres a comentar sobre suas experiências com games também.

Bom, meu pai comprou um ATARI (ou era DACTAR? Não, era ATARI msm…) que meu tio trouxe, vai saber deus daonde. Era final dos anos 80, 88 ou 89, quando meu tio ligou o VG na TV preto e branca lá de casa (nossa,  eu não tinha TV COLORIDA na época! =O) e nos mostrou Space Invaders! A possibilidade de movimentar um tanque/nave/pontos-irreconhecíveis/whatever na tela e detonar com naves alienígenas pra mim e pro meu irmao (q eh 6 anos mais velho), soou fantástico! Eu queria muito continuar jogando aquilo e foi ae que meu pai comprou pra gente essa caranga gigante de madeira q dava cupim e barata facinho.

2600draw.jpg

Atari 2600 – As baratas adoravam! E eu também!!

Mas mesmo com todos os contras, eu me divertia jogando aquilo por hrs, não só space invaders mas Pitfal e Donkey Kong (onde Mario, conhecido como Jumpman até então, salvava pela primeirissima vez a Princesa Peach, que era raptada por quem? Errou se disse Bowser, porque o grande vilão era o Macaco Burro da Nintendo!)  comandavam no meu video game. Até hoje é uma incógnita como eu coseguia arrumar jogo pra esse console, mas o fato é que muitos amigos meus o possuiam também, e também aquelas versões com zilhoes de trilhoes de jogos na memória (que vim a possuir um dia também). E aqueles amigos que não tinham, iam jogar lá em casa, e a bagunça era muito legal, os animos se exaltavam, até que certo dia um amigo do meu irmão quebrou a manete do controle! Óbvio, ele pagou um outro controle depois, um pouco diferente, mas visualmente mais bonito, porém rangia mais do que porta de castelo mal-assombrado.

space1.jpg dk_mario1.jpg

Space Invaders e Donkey Kong: Dois jogos que me marcaram

Mas nem só de Atari se resumiu minha infancia, e eu poderia até fazer uma lista imensa de jogos que eu jogava e adorava, mas o fato é que hoje em dia, não consigo nem olhar pra Space Invaders sem sentir ansia de correr muito, sem nem olhar pra trás. Os video games evoluiram, eu cresci e coisas novas surgiram.

Essa foi a primeira parte do meu texto e o começo da minha aventura nesse mundo composto por pixels e códigos de programação. Tão logo, eu volto e continuo contando minha saga, até os dias de hoje!

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: